segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Majestoso!

Já não é segredo que dei uma fugidinha pro Sul nas férias.
E, então, além de comer como se não houvesse amanhã, o que mais fazer em Criciúmã na quarta a noite??
Resposta Lógica: Ir ao jogo do Tigrão!
Cheguei ao Heriberto Hülse, paramentada e suando horrores... Malditos coreanos! ¬¬
(Desculpem ser tão infame, mas, sempre que assisto/falo ou qualquer coisa relacionada ao time de futebol do Criciúma, eis o que vem a mente:)

(Dududu dudu du du du dudu)
"Quer jogar, quer jogar
O tigrão vai te ensinar"



Só que não, neam... Dessa vez quem bailou lindamente foi o Tigre. =(

Criciúma 0 X 1 Guarani de Palhoça

Não menosprezando o Guarani e tals... mas, pohan, ~Crixumã~!
O que que foi aquilo? Fico indignada por ter comprado ingresso e assistir aquilo. O bônus foi a confusãozinha sad com o segurança & spray de pimenta. UOH!

Ah! Aproveito para inaugurar a campanha #jogaheitor, #zagueirogato e essas coisas. Heitor é bom jogador, é bom zagueiro e é muy gato. E, o Criciúma está carecendo dos três, sim ou com certeza?

Tentei bater fotos do mascote, mas... #fail! Vou por um vídeo e aproveitar para fazer jabá do maninho jogando futebol americano:


And, para finalizar, dogão-da-alegria pós jogo!!!
E como alegria de #vaigordinha não acaba assim... Na 5ª, super rolou um Hard-matador-de-saudades em Tubs... ai, ai...



Ok, no domingo, Tigrão venceu por 2 a 0 o Figueira. Mas... ainda não convenceu!

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Dom Tiago e suas Duas Ermãs do Core! ;)

A chuva me deixou saudosista...

Ontem, depois da delícia de "bom dia" e de ter me empanturrado em Tubs, dei uma passadinha no Rincones para visitar Daya, a ~outra órfã~.

Conheci Daya através do Ti. E quando ele decidiu ir embora ficamos órfãs.

Ti & Daya são aqueles amigos que todos amam e querem sempre por perto. Almas trigêmeas. Siamesas. Aqueles que podemos passar anos sem nos ver (apesar da internet bombar), mas, em 5 minutos de conversa, já estamos a par de tudo. Aqueles a quem eu recorro nos dias bons e nos ruins também... =) Aqueles que realmente me entendem. Aqueles de quem doem as saudades.

Hoje em dia é tão difícil conseguirmos reunir os três... Quase impossível os quatro, incluindo o Rafinha... mimimimi

A gente "vive" mudando de cidade... Agora mesmo... São Paulo, Buenos Aires, Londres... e num futuro próximo Japão... contando os quatro!

Eita, saudade boa! Saudade que fica, saudade que não passa!

Bobos chatos, fazendo a egípcia para mim! =P
Foto usurpada do FB do Ti. 

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Bom dia!

Dormi. 
Acordei. 
Marcelo foi pro banho. Fico deitada. De ~preguiça~.
De repente, levíssimas batidas na porta. "Seria Marcelo? ... Não."
E aí, a porta se abre. 
Claridade. 
A criaturinha de três anos me olha e diz: "Já não é mais noite. Sabia?" Entra. Conversa. Conta várias coisas... dos amiguinhos, da escolinha, dos brinquedos e...


um "Bom dia" assim!!

Ah, a alegria de estar de férias... =D

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Querido Moslekine Virtual,

Ok, Brócolis!, você sabe que estou de férias e, nas férias, sempre fico te enchendo os patová.

Vamos ao causo:

Estava eu indo pra SC, quando passo pelo Graal, típica lanchonete/restaurante/posto de gasolina/ mercadinho & banheiro das estradas de Registro.

O fato de ter banheiros coletivos é muito importante, rs. E, é a primeira coisa que se avista ao entrar no estabelecimento.

Desci do carro e, claro, fui para o banheiro. Para minha surpresa, ele está vazio. O que significa que posso escolher qualquer um dos SEIS reservados. *.*

Escolho o quinto. Quando estou de saída, olho para cima e vejo uma lagartixa obesa a espreita! Praticamente um sapo de tão gorda! Que nojo!

FIM

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Só porque estou infame hoje...


Estou oficialmente de Fééérias!
É tetrAAAAAAA!

E tão infame que desenterrei o giz de cera e tô ~si devertindo~ feito gente grande grande! Só que não.

O que nem sempre quer dizer blog em férias...

Bem, já fiz a maldadezinha do dia, e, agora, um ótimo feriadão!!


quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Toupeirice nossa de cada dia...

"Rang, rang" diz o celular:
- Oi!
- Oi, você está com a minha chave... me deixou trancado!
- Eu? Não!! Dá uma olhada ao lado da TV! Eu usei minha chave... Eu... - enquanto fala, lembra-se que, dois dias antes, tinha ido ao seu encontro, resgatá-lo da retirada do ~siso preguiçoso~. Revira a bolsa. E, então, lá no fundo, o molho de chaves. - Ah, está aqui! Desculpe-me!
- E agora?
- Posso sair para o almoço daqui uma hora...
- Tudo bem! Eu não vou a lugar nenhum!

Uma horinha demorada essa... "E se tivesse acontecido algo de ruim no prédio?" "Eu o teria trancado!" "Que horror!"

No horário combinado, ela digita a saída no sistema. Chega na portaria do prédio e vê o ônibus se aproximando. Corre. O motorista abre a porta depois do ponto. Agradece. Não tem trânsito. "Graças!" Desce do ônibus. Anda rápido a caminho de casa. A pressão dá sinais de que quer cair. "Só mais 5 minutinhos, tô chegando!"

Portaria. Elevador no térreo. "Sorte!" Porta. Abre.

- Pronto! - Sorri. - Te livrei do cativeiro. Me desculpe. 
- Obrigado! Vamos almoçar?
- Não posso. Tenho que voltar ao trabalho. 

THE END