domingo, 30 de janeiro de 2011

Woman! I feel like a man! #14

Férias bombando = tempo escasso para escrever. Ah, mas… humildades a parte, eu mereço! =)

A sexta-feira toda pela frente. E, depois da tentativa frustada de achar um sapato número 43 em Criciúmã, parti com o Cinderelo para Tubarão, com o intuito de finalizar essa saga.

E, o que eu aprendi?

1. Existem dois tipos de sapatos sociais: os pretos (que são os que buscamos) e os não-pretos (principalmente marrons, superiormente mais bonitos que os pretos)
2. Existem mais dois tipos de sapatos (hã?): os pretos com cadarço (alvos da procura) e os pretos sem cadarço (que já foram descartados de pronto)
3. E, finalmente, existem os sapatos pretos com cadarço e não-largos (que são exatamente os que queremos, mas eu entendi lhufas da última parte)

Eu olhava as fileiras de sapatos femininos e sabia descrever exatamente o que cada um tinha, suas diferenças, a razão por gostar de um e nem tanto de outro, as cores, as alturas… E, igualmente, olhava as vitrines masculinas e, com exceção de cores, via, praticamente, a mesma coisa em todos: eram sapatos. Agora, entendo quando os homens dizem "é só um sapato, pegue qualquer um, logo!". Mas, na verdade, sei que não é só um sapato, que não posso/quero pegar qualquer um e que já andei horrores atrás da sandália perfeita. Que muitas vezes foi achada!!

Resumindo:
Girls! Today, I feel like a boy!

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Murphy e suas sombrinhas #13

Então, ontem, fui dar uma voltinha no centro de Criciúmã e ver como as coisas NÃO tinham mudado.
Quando estava prestes a sair, minha mãe me informou que a previsão era de chuva. Mas, se você olhasse pela janela, veria um céu de brigadeiro, além dos 40 graus. Sugestão de slogan para o verão: "Criciúma, o inferno está mais perto do que se pensa!" É um calor insuportável. #prontofalei
Ok, vamos pegar uma sombrinha. As opções: 
a) uma gigante, que se eu levasse não choveria;
b) uma pequena que caberia na bolsa. 
Entretanto, a estampa super cafona chamava minha atenção: teria minha mãe comprado essa coisa horrível ou estava dando sopa na loja num dia de chuva? 
Realmente choveu. Começou com uns pinguinhos marotos, mas assim que me vi totalmente desprotegida de marquises e telhados, ela desabou.
Eram duas pessoas para a mini-sombrinha e um espaço de cem metros a percorrer. Abrimos:
1. quando aberta, um varão já veio sem o tecido;
2. abriu só dois "espacinhos" de ferro, quando tentamos abrir o terceiro: um ficou com o cabo e o primeiro espaço e o outro, com o restante da sombrinha.
Obviamente, após essa tragicomédia, a sombrinha começou a virar por causa do vento.
Caimos na risada, afinal, o que nos restava, além de ficar ensopados?
Ah, resposta: B.

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Delírios & Calor #11 e 12

Em primeiro lugar, muito obrigada pelos e-mails, eles conseguiram trazer um pouco de conforto. Pois é, c'est la vie... e lutaremos until to the end! Em segundo, sorry pela rabugice e desabafo.

#9

Já contei que amo meu dentista? E as anestesias? <3
Depois que o efeito passou, só um X de Criciúmã para me fazer superar a falta das anestesias. #vaigordinha!

#10

Ah, o calor! Como o povo vive nessa amostra grátris do inferno? É muito quente. Nunca achei que usaria essa expressão para mim, mas, depois de dar cinco passos na rua, estava suando em bicas. Eca! Ser pedestre nesse calor do cão é pura e simples maldade. Não, não. Na verdade, é pura e simples burrice. Já podia estar motorizada há tempos, mas, dei ouvidos, justamente, a única pessoa que era contra. Aquela que ganhou seu primeiro carro quando fez 18, morava ao lado da escola e, raramente, precisou pegar ônibus na vida. Como as pessoas conseguem incutir medos nos indecisos facilmente! Fui convencida pelos gastos extras com impostos, gasolina, seguro, revisão...

PS: Fechei o dia matando a saudade que estava da minha depiladora <3

Agora vou me entupir de seriados americanos e "passar um fio" mais tarde...

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Vitórias e Derrotas - #9 e 10

#9 

Tigrão Ê Ô Tigrão Ê Ô!

#10

Sei que o dia ainda não terminou, mas hoje vou estar chateada all day. É isso.
Um ano atrás, você descobre que tem alguém doente na família. A boa notícia: existe tratamento. A má: não há garantias de cura. E, é chance única. Dá certo ou não tem mais nada a fazer.
Então, tá. Aceitamos. Um ano de tratamento. Idas e vindas. Consultas. Exames. Remédios. Acompanhamento. Um ano de remédios tomados a risca. Na hora exata. Um ano cuidando da alimentação. Um ano com todos os exames dando os melhores resultados possíveis. Mas, né? Para quê? Hoje, dia do resultado final, final de verdade, nada feito. Eles ainda continuam lá. Revolta? Indignação? Também. Mas... chateação. Muita chateação.
Diz o médico que pode ser um "falso positivo". Desculpem meu pessimismo, mas, quer saber? Eu não acredito em falsos positivos.

domingo, 23 de janeiro de 2011

Then Comes The Rain - Dia #8

Dia de chuva. Eu deveria estar acordando agora em Sharkcity, mas ao invés disso fiquei em Criciúma. Estava chovendo muito e confesso que fiquei com medo de ficar ilhada na rodoviária de Tubarão. Muito fim de carreira. E, com Murphy me apadrinhando, certamente aconteceria.
Novidade totalmente inútil: estou viciada naquele jogo de bolinhas do FB. =P Joguei ontem até às 3h e acordei hoje às 8h para mais. Sim, eu tenho sérios problemas mentais.
Ao menos, parece que o Sol vai dar as caras.

Mas, ontem, aconteceu uma coisa estranha. De vez em quando, uma pessoa aparecia nos meus pensamentos. Do nada. Nem imagino por que razão. Ouvi, uma vez que, quando isso acontece, devemos rezar pela pessoa, que, ela está precisando. Cogitei fazer isso. Mas... as bolinhas... Talvez, seja uma transmissão de pensamento! Oh, tempo desocupado, esse meu! Daí, peguei o celular, quem sabe ligo e resolvo essa cisma? Ok, o número que eu tenho é antigo, mas acho que não mudou, portabilidade e tals... E, se a pessoa atender o que eu digo? "Oi, tive pressentimentos de que VOCÊ precisava desesperadamente falar comigo!" A resposta: "Hã? O quê? Te conheço? Sua louca?"
Pensamento final e reconfortante: quer saber? A pessoa em questão tem meu número, meu e-mail, meu twitter e até, talvez, leia o blog. Então, oras, que entre ela em contato comigo! Aff!

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Diário de Férias - Dia #7

Então, people. O dia hoje foi tão sei lá que nem merecia postagem. A partir de agora só vou postar os dias "massa". PS: chove muito no Sul, praia cada vez mais away...

Só para não perder o costume: fui no dentista. Enquanto estava lá, esperando, conferi aquela história de mudança de signos, que acabou me apresentando Susan Miller. Nunca fui muito crente nessa história toda de astrologia, apesar de sempre dar uma espiadinha na previsão dos jornais. Vejamos o que ela previu para Leão (meu signo ad eternum) esse mês:

Espere boa sorte no ou muito próximo do dia em que Urano (surpresas) e Júpiter (o sucesso financeiro) se reunirão em uma conjunção muito rara, sob o signo de Peixes, em 04 de janeiro. (...) compre um bilhete de loteria, (...) que você pode ganhar o primeiro prêmio! Certifique-se que o prêmio será "anunciado" em 04 de janeiro, ou na melhor das hipóteses, em 03 de janeiro. Boa sorte! Ou seja, a CHANCE DA VIDA de ficar milionária passou em branco. Como isso? Por que aó li  isso hoje?

Neste 17 de janeiro, você estará no topo de sua forma criativa, por isso você deve reservar tempo para se dedicar ao seu ofício, se você trabalha em um campo criativo. Helow?? Eu estava SEM INTERNET! Aff!

Você deve elaborar um plano para comer alimentos mais nutritivos e fazer exercício, também agendar os exames médicos e odontológicos para que você possa sentir o seu melhor. (...) com atenção especial aos joelhos. Ok, aceito. Eu estou no dentista e tenho uma intenção muito forte de fazer alguma atividade física, além de ter ferrado o joelho alguns dias atrás, mas ele já tá pronto para outra.

Esta nova lua será de apoio a você, se você estava pensando em encontrar um cãozinho ou um gato , esta seria a hora de ir para o abrigo de animais. Eu até pensei que tinha ganhado um Malinho, mas não. Depois pensei em adotar uma mistura de Lessie com vira-lata, que eram fofíssima mas, um pobre cãozinho não merece morar num apê minúsculo, Fora o cheiro que ia ser. 

7 janeiro - 22 fevereiro seria um momento ideal para  melhorar sua aparência, então vá em frente! Ou seja, embaranguei meixxxmo! Recife, me ajuda!

Este ano de 2011, de 22 de janeiro até 04 de junho, Júpiter vai iluminar sua casa de estrangeiros e locais, um sinal muito bom que você pode estar viajando no exterior este ano! Gostei muito disso! Nenhum sinal de viagem para o exterior a vista, mas gostei muito disso!

Você tem uma idéia para um livro que você gostaria de escrever? (...) Eu tenho! Eu tenho! Posso começar?

Outra área que vai brilhar para você inclui o estudo da universidade. Depois de 22 de janeiro, não haverá obstáculos à sua consecução das metas acadêmicas! (...) Em abril e maio você verá toda a força de tudo o que eu estou falando, mas você precisa se preparar agora!  Estou avaliando se fico muito feliz ou não com essa. 

Por via das dúvidas, vou tentar ler ainda em janeiro, as previsões para fevereiro!

Dogão tã nã nã! #6

Criciúma não é uma cidade turística. Está longe de ser. Se você não tem um interesse específico em vir para cá, família, amigos... olha, melhor eu parar por aqui!
Mas, Criciúma tem o melhor X-salada que eu já comi na vida! (e, acredite, foram muitos!) E tem o Dogão! Eu sei que várias outras cidades no mundo tem buffet de cachorro-quente, mas, eu amo o DOGÃO! E é recíproco nos demais criciumenses, pois foi só postar no twitter que eu ia, e recebi uma horda de tweets me invejando! =P
A Mari chegou a brincar que eu ia me engasgar com a ervilha, de tanta vontade que ela estava. Primeiro, eu não coloco ervilha (ufa!) e, segundo, já marcamos um Dogão de boas-vindas quando ela vier de Londres!
Eu, Marcelo, Junior, Thiago, Pâmela e Bruna demos boas risadas. 
A ogrisse me dominou perante a bancada de ingredientes. Meu pão quase não fechava! Por muito pouco não tive que comer com talheres! Agora, sinto remorso e arrependimento mortal de ter pedido arrego quando faltava dois dedos de pão e salsicha! Ai, gente! Quero outro! #vaigordinha

PS: Ri muito dessa foto! http://wp.clicrbs.com.br/pretinhobasico/2011/01/09/como-estragar-fotos-3/?topo=52,1,1,,224,e224

PSII: Para desespero de Marcelo e Thiago, quem trouxe o carro na volta fui eu!!! =P

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Ah, eu tô no Sul - #3, 4, 5!

Bem amigos do Brócolis!, estamos transmitindo diretamente do Suuuuuul!
Admito que o diário diário foi pro saco. Mas, né, nem fui culpa minha se eu estou numa casa SEM INTERNET! AHHHHHHH!
Então, esse texto está sendo originalmente num editor de texto para ser repassado mais tarde… =/ Anyway, se serve de consolo, ainda consigo incomodar muito através do twitter.
Vamos aos fatos!

#3

Após ir dormir, fula da vida por causa das malas, acordei às 6:30h para pegar o vôo (com ou sem acento? preciso de uma gramática urgente!!!) que era às ONZE! Ok, ok, sou uma pessoa equilibrada e com medo de perder o vôo por causa do trânsito e/ou possíveis alagamentos, então, vamos só um pouquinho mais cedo para o aeroporto.

Ah, o espelho. O espelho sabe ser tão cruel! Acordei com os olhos mega vermelhos. Após o colírio, o olho direito ficou com a gosma branca inchada, muito feio, esquisito, nojento e altamente coçante. Mas, ok, sou uma pessoa equilibrada, com um colírio eficiente e tudo bem ser o monstro do olho podre.

Preparei-me para o calor do Sul, regata, short, rasteirinha… Lindja! Quando abro a janela: Piada! Chovendo e frio! Ok, sou uma pessoa equilibrada, quase tpm, e que está muito feliz com as férias. Mudemos de roupa.

Plano inicial 1: pegar o metrô, ir até o Tatuapé e, finalmente, pegar o ônibus de linha até o aeroporto. Abortado! Malas muito pesadas!
Plano inicial 2: pegar um táxi, ir até a Praça da República, pegar o ônibus executivo para o aeroporto. Ok, razoável.
O que foi feito: Quando entramos no táxi, o motorista perguntou se não queríamos ir direto, que ia dar quase a mesma coisa e blábláblá, fui facilmente convencida. Táxi direto, sem ter que pegar ônibus, chuva e outros contratempos? Perfeito! Marcelo titubeou um pouquinho mas concordou. Ai, gente, foi lindo! Em todo o tempo passado dentro do táxi só uma coisa vinha a minha cabeça: "Vou de táxi… tchuru, tchuru".

Aeroporto Internacional de Garulhos: Rumo Avianca. Sem noção o tamanho da fila para o check-in! Ok, tinha dois espaços para fazer fila: o completamente lotado e o completamente vazio. Fizemos o que qualquer brasileiro normal faria nessa situação: entramos na fila gigante, óbvio. Dois minutos depois resolvemos perguntar para dois funcionários que estavam de bobeira e uh-lá-lá a nossa fila era a vazia!! Ainda, desconfio se de fato era a vazia ou se devido a ameaça do meu olho assustador ganhamos esse direito. Check-in: ok! (PS: mala 23kg, necessaire 6kg)

Destino: Mc! Nada melhor que um mc café da manhã feliz para alegrar o dia de uma mcgordinha, certo? Quase! A menina toupeira, justamente a que estava na nossa frente, parou a fila por causa do cartão toupeira dela que não passava! Aff! Um café + Egg Muffin depois… Meio satisfeita, mas ok! Vamos enrolar até o embarque: missão realizada com sucesso!

Na sala de embarque ganhei mais uma milha rumo ao inferno, quando fiquei rindo, discretamente, de uma criança com voz de Darth Vader. Queria muito ter  pedido para ela falar: "Luke, I'm your father.", mas, não tive coragem, ou, bom-senso.

No embarque aconteceu uma coisa muito bizarra: sabe quando você entra no avião procurando sua minha poltrona e fica no meio do corredor esperando as pessoas se ajeitarem? Pois é, nesse momento, um cara AFAGOU MEU BRAÇO! Como assim? Estaria ele me confundindo? Tempo de espera… Ah! Era o Sérgio!!! O Juninho! Poxa, que legal! Anos-luz que a gente não se encontrava. Conversamos um pouco após o pouso, e, estou louca para ir conhecer o bar dele! =)

FLORIPA, CHEGUEI!!!

Calor do cão!
Passagens para Tubarão: ok! Malas no guarda-volume: ok! Destino: Mercado Público!! Box 32!!!!
Fazia dias que eu só falava em comer um polvo no Box 32. Daí, quando chego lá, cadê a fome? Ah, ficou no avião junto com o lanchinho delícia-estragador-de-almoços. Mas o chopp tava supimpa! ¬¬
Encontramos a Manu lá, e foi divertido, apesar de eu ter dado o calote (devidamente explicado) nos Lorena que ela encomendou. Espero que o que eu trouxe de certo para o Clube!

Nota mental: preciso voltar para Floripa para: pegar uma praia, encontrar Mila e Daya, ir no bar do Juninho, comer polvo no Box 32 e ir num encontro esmaltado (para o qual já estou aguardando convite!)

Busão para Tubarãozzzzzzzzzzzzzzzzzzz…

Aqui em Tubarão descobri a oitava maravilha do mundo: picolé de butiá por, pasmem, 30 centavos!!! Melhor nem tentar imaginar a procedência!

Casa do namorado = comida, muita comida = gordinha feliz.

PS: Fico um tanto quanto feliz com meu pai me acordando para saber se eu trouxe o chip de SC. ¬¬ Eu trouxe, ok! Assim que conseguir um pc com net troco o chip e paro de pagar deslocamento.

Hmmm… eu acho que vi uma lagartixa no quarto ao lado! Mas, né, como eu ainda só acho, não vou dar escândalo nem nada, só vou ficar MUITO atenta.

PS2: Tudo bem que Neymar fez 4 gols, mas o que era aquele goleiro brasilero? Butter hands? Ah, também quem sou eu para comentar futebol?

#4

Ia para Criciúmãããã hoje, mas, fui descaradamente chantageada pelo meu namorado e vou só amanhã!
Com essa chuva e milhares de compromissos sharkeanos, posso dizer que passei a tarde transformando minhas unhas em puro Luxo! (e pela primeira vez na vida ficou quase bom).
Parece que instalaram internet, mas, não comemore: faltou luz! \o/
Encontro com o Wolff mais tarde, é o que temos para hoje.

*** After Wolff, meio bebinha (huahauahauhauahau nem eu acredito nessa unidade de medida)
Então, fomos conhecer o apê do Wolff. Foi legal porque quando a gente falou pelo telefone, eu ouvi um eco, o eco dos recém mudados que não tem móveis, e, fiquei feliz por ele. Pois, lembrei de mim, na mesma situação em Armazém, e, veja onde estou hoje: num apê de 33mt quadrados em SP. Bem, não foi isso que eu quis dizer.
Primeira toupeirice da noite:
- Marcelo, sai dai que goteira!
- Hã? - olha para cima = várias gotas sujas caindo em seus olhos azuis. Mas, eu avisei.
Cara, muito massa mesmo o apê do Wolff, tem trocentos milhões de metros quadrados por bem menos de um salário mínimo. =) (lembre-se da minha condição alcóolica atual).
Fomos para o Tempeiro e foi… muito massa mesmo!
Tipo, recordar é viver e contar as novidades e fofocas mais ainda! (PS: quanto aos assuntos tratados, melhor não comentar!)
Daí, na hora de pagar a conta, fui ao toalete… (mas, deixei minha parte, que fique claro!). Poxa, Tempeiro, quem, em sã consciência, põe um gancho para bolsas logo acima da privada? Quem? Calma, pessoal. Não aconteceu nada comigo, mas com alguém ainda vai, neam?
Ah, e o ponto alto: Deixamos Wolff em casa, que quase morreu para abrir a porta, neste ínterim (love bêbados cultos), um casal maroto veio pedir para gente deixá-los no Morrotes. Aham. Alo? Mesmo explicando que íamos para o lado oposto, o cara insistiu. Aham, senta lá, Cláudia.
E, para fechar a madrugada com chave de ouro, já em casa, consegui dar a mega porrada na porta do banheiro que, só não acordou os vizinhos porque eles também estão de férias em outra cidade.

#5
Bom-dia ao meio-dia! =)
Passei no banco para rever os colegas! Foi divertido! Espero que saia o encontro de luluzinhas logo!
E, finalmente, Criciúmãããã...
Fui conhecer o carro do Bigorna e de quebra fomos ao jogo do Tigrão. Detalhe básico: o jogo era em Chapecó, mas o clube fez uma campanha para os sócios assistirem o jogo num telão instalado no campo. Chegando no Majestoso, guess what? A imagem do telão não estava funcionando!
Depois de alguma peregrinação, fomos assistir/rir muito na casa do Ticão! Para variar nos últimos 5 minutos do jogo, o Tigrão virou abóbora, daí já viu, neam? Cena 1: =) Cena 2: =/
Ah, estou temporariamente impossibilitada de receber ligações: os créditos paulistanos já o eram e o chip catarina resolveu não funcionar... Amanhã vou lá ver que zica deu, espero resolver logo isso! Ou chip catarina ou créditos!
Agora, estou aqui pensando se pago ou não a inscrição da ordem. Porque já fiz outras vezes e sempre passo na primeira fase, mas, sempre tenho algo mais "importante" para fazer na data da segunda, so...
Ok, inscrição feita, tenho até amanhã para pensar se pago ou não... Enquanto isso vou me entupindo de seriados!

domingo, 16 de janeiro de 2011

Diário de Férias - Dia #2

Vamos lá, vamos lá!
Depois de tomar um remédio pancadão por causa do joelho, acordei toda dolorida, pois, desmaiei na cama de qualquer jeito, mas o joelho, oh, tá novinho em folha!
Tive váááários sonhos esquisitos, mas o top-top tinha minha ex-sogra (eu sei que, segundo o Direito Civil Brasileiro, sogros e cunhados são agregados eternos, mas...). Não lembro sobre o que era, só que deu uma saudadinha, mas a maldade-inata-do-ser-inanimado-de-causar-ciúmes-na-atual-namorada-do-meu-ex não faz parte dos meus planos, então, fiquemos na saudade mesmo.
Ah-há! Finalmente, comprei as passagens para Hellcife, so, mês que vem estaremos lá. Até porque depois vai ficar um pouquinho mais difícil de ver o Ti.
Faxinão 2011 para sair de férias amanhã, China in Box e... aff! Malas!
Resultado: Duas malas gigantescas e pesadas para caramba. Tô com sono e num mal-humor danado. Vou refazer tudo de novo!
Boa noite!
Isto é, desde que amanhã eu esteja almoçando no Marcado Municipal de Floripa!!

sábado, 15 de janeiro de 2011

Diário de Férias - Dia #1

Não sei o quanto vou levar isso a sério (diário de férias, pff!), mas, vamos lá...
Acordei às dez e alguma coisa, acho eu, e fui tomar um cafezinho maroto & ogro na padoca (mais de R$15 a conta, noção da ogrisse?), porque, néam, primeiro dia de férias e não vai rolar cozinha!
Depois, lá fomos em direção ao metrô para o shopping! Compras! NOT! Sabe aqueles dias que consumir simplesmente não rola? Não que você não queira, nem nada, mas, sei lá, as coisas não estavam atrativas e as que conseguiam chamar atenção quando eram provadas PLOFT! acabavam com a magia.
Lá pelas tantas, consegui dar um mal jeito tão bem dado no joelho, que quase não consegui voltar para casa caminhando, by the way, ainda está doendo... 
Ah, em alguma parte da manhã/tarde, atualizando o twitter no metrô de volta, ganhei alguma coisa(?) do Ti. A última vez que ganhei alguma coisa adivinhando charadas foi no colégio: sair da aula às 17:10h ao invés de 17:15h, então, qualquer coisa acima de 5 minutos tá valendo! =)
Descansei um pouco em casa e... Feirinha da Benedito, também não rolou, as coisas não estavam aptas a me seduzir. E as barraquinhas de comida super lotadas me fizeram sair correndo para o Fran´s Café, igualmente cheio, mas, tinha uma mesa vazia e o almoço das quatro estava são e salvo.
Só para garantir, trouxemos um Subway para casa, porque vai que...
Tomei algo para dor e terminei de ler o livro da Ana Paula Barbi, a.k.a @poalli, que me garantiu boas risadas.
No mais, revi as maldades da Clara e alguns Bones. 
Acho que foi isso! Eletrizante, não? O joelho tosco ferra a vida!
Lição do dia: Faz-se necessária boa forma física para se dondoncar feliz pelos comércios.
E, agora vou-me quer ainda quero comprar as passagens para Hellcife... 

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

FÉRIAS!

Acordei e fui para o trabalho, atrasada, como de costume.
Entrei no ponto e imediatamente soube que, às 17:25h, desse mesmo dia, estaria de FÉRIAS! Siiiim, FÉRIAS! \o/
Movimento tranquilo... (ufa!) Inscrição no sorteio da Amy, ok!
Duas e pouco da tarde: hora de assistir as "dissumuladas como morcego" e as "bonitas como uma gazela", e,   de quebra, almoçar. Eis que, quando sai da agência para ir ao restaurante, na porta ao lado, estava começando a pingar. Entretanto, nesses vinte minutos que se passaram entre comer e pagar a conta, eu estava ilhada! Tive que esperar uns bons minutos para a água baixar e eu poder voltar ao trabalho.
Ok, não fui sorteada na promoção interna para ir no show da Amy, e daí? Ao final do dia ainda seriam FÉRIAS!
Finalmente, 17:27h, FÉRIASSSSSSS!
FÉRIAS!!!!! \o/
Na volta para casa, queria ter dado uma passadinha numas lojinhas perto da agência em prol do Clube das Esmaltadas, mas, estava recomeçando a chuva e fiquei com receio de novamente ficar ilhada!
Casinha! FÉRIAS!!! 
Hmmm... fome... Que tal um primeiro mc de férias? Super! Let´s go!
A volta: com intuito de passar no mercado, fomos pela Rebouças. Inesperadamente, sinto um desconforto no andar, como se tivesse algo colado balançando, um chiclete talvez?
Olho e nada. Sola mais limpa, só saindo do tanque. Mas a sensação esquisita persistia. Resolvo investigar mais uma vez e... ahá! O que vejo? Aquele mísero tacão da sapatilha balançando. Tudo bem que sou mestre em perder tacões, mas, pô, a sapatilha tem três meses de uso! =/
De repente, vários carros da polícia e corpo de bombeiros começaram a passar, meu pensamento super solidário: "Só que falta o mercado ter pegado fogo e eu ficar sem minhas cervejas!" Então, aparece a Anne para dar mais umas risadas da situação sapatilha/tacão. Graças ela tava recheada de sacolas do mercado e não falou nada a respeito de fogo/supermercado. =)
Cerveja, ok! Adicional: Super Bonder. (Impressionante como nunca consigo compara só um item no mercado.)
Vamos para casa porque o tacão resolveu abandonar a sapatilha de vez! Sussa! Segunda levo no sapateiro lá do sul e fica novinha em folha!
Agora, só me falta voltar para casa e a Clara ter morrido de verdade, ao invés de ter posto a mosca-tonta da cantina no lugar e fugido! =/

video
Imagens: Celular do Geraldo
PS: E ainda me perguntam porque eu falo em ir trabalhar 
de galochas nos dias de chuva!

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

BBB or not BBB?

Começou! 
De novo! 
E pela décima primeira vez, o Big Brother Brasil.
Depois de onze edições não vejo necessidade de explicar como funciona o show.
Agora começam aqueles discursos prontos, falando da falta de opção na televisão brasileira e todo aquele blábláblá moralista. Não que não concorde, em parte. Mas também, acho que a televisão tem um poder democrático único em cada casa, em cada local em que esteja instalada: o botão liga/desliga. Assim como também, lembro da existência de filmes e livros.
Em contrapartida, há os que realmente adoram. Esses, os que admitem, são uma parte pequena da população. Porque, na verdade, a maioria justifica a tv ligada: "para falar mal", "para não ficar por fora das fofocas" e por ai vai.
Bom, eu confesso que assisti praticamente TODAS as edições. Algumas mais, outras menos... Com o passar dos anos fui diminuindo, gradativamente... Ano passado, por exemplo, consegui começar mais de um mês depois. Só soube quem era Tessália graças ao youtube. Mas... a curiosidade, o morar sozinha, a televisão ligada e o live do tdud me seduziram.
Este ano, estou no "firme" propósito de não assistir (dvds, filmes, leituras a por em dia...). Apesar de não ficar totalmente por fora. Ri muito com a escalação da nonna e sou atualizada pelos tweets da vizinhaloka. Mas, sabe como é... Semana que vem estou de férias, no Sul, na casa de parentes e amigos, e, não serei a dona da televisão... E, se ela estiver ligada...

Oi, meu nome é Kamila e estou há dois dias sem assistir BBB11.

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Ingresso para quê?

Ela o encontrou na saída do trabalho. Juntos subiram a Augusta. Milhares de quadras e uma subida até a Paulista. Duas batatas assadas recheadas com provolone, carne seca e manteiga temperada na dela. Para o metrô. Linha verde, tranquila. Linha azul, "Que sorte mandaram um metrô vazio bem na nossa vez." Desceram na linha vermelha, Sé. Praça cheia. Informações com os policiais. Chegaram. Prédio lindo. Fila para ver Karina Buhr e Cidadão Instigado. Fila de espera? Para possíveis desistentes? Ingressos esgotados. "E agora?" Estação vermelha, linha azul e verde. Pés inchados. Jogados no sofá. Um colo gostoso para assistir a Melina boazinha conquistar o Mauro. Ah, o brigadeiro! ¬¬

domingo, 2 de janeiro de 2011

Cerejas refrescantes!

Quem diria que um dia eu me renderia ao encanto das cerejas hidratantes?

Foi a proposta de O Boticário neste último dia dos namorados e a qual eu só conheci agora no Natal, quando ganhei esse mouse fofo e psicodélico ao lado junto com um Mousse Hidratante Corporal Soft Cherry e uma Loção Hidratante Cherry Frizz!

O Mouse:
Lindo! Quando liguei: surpresa! Ele é totalmente psicodélico! Emite luzes em diferentes velocidades nas cores: vermelho, branco, amarelo, verde, azul, rosa e lilás, ufa! Ao menos foi as que eu consegui contar!

O Mousse:
A fragância, inspirada na cereja, é uma delícia e dura muito! E nada enjoativa (ao menos para mim =D). Entretanto, o que chamou minha atenção foi a textura. E que textura! Ele é levemente aerado e "durinho" (¬¬) como se fosse uma espuma mais consistente, não apresenta aquela liquidez dos hidratantes comuns. Parece mousse mesmo! Espalha muito bem e absorve rápido, não deixando aquela sensação pegajosa na pele.

A Loção:
Para começar, a embalagem! Que parece um tubo de chantilly! Mas, não para por aí. Ele tem que ser agitado durante 30 segundos e usado de cabeça para baixo, assim como os tubos de chantilly! dããã! E aí, mais uma surpresa: a textura! Um hidratante efervescente! É geladinho (ótimo para o verão) e parece que tem um sonrisal desmanchando na pele! É uma sensação bem diferente e gostosa! Sem falar no cheirinho... o único contra é que, diferentemente do mousse, não dura muito...

Segundo as más línguas, essa linha, que já tinha sido retirada do mercado (uma pena!), foi reeditada rapidamente para o Natal. Por via das dúvidas, é melhor correr para tentar garantir o seu! =~~