terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Baseado em Fatos Reais! =)

Tenho grande admiração pelas pessoas que sabem responder certo na hora certa. Aquelas que quando o sujeito vem com um "A", já tem todo um abecedário de boas respostas para dar em troca. Espero eu, um dia, poder fazer parte deste seleto grupo.

No último dia 23, enquanto eu começava a encarar as 16 horas rumo a Cricicity junto com Davi, Gabriel & sua mãe grávida E pirracenta no banco de trás, o povo da agência continuava a missinha de Natal com direito a retrospectiva das melhores cenas do ano.

Ediqueila, nossa ex-estagiária, não poderia faltar a essa pequena comemoração. Ela, com certeza, faz parte do grupo descrito no início. Agora, ela trabalha para o SAC de uma empresa de telefonia móvel. E, bom, o intuito dessa falação toda é ilustrar um episódio que ela contou:

Toca o telefone.
Estagiária: X Telefonia, atentende Ediqueila, boa tarde!
Cliente: Edi o quê?
Estagiária: Ediqueila.
Cliente: ahuhauhauahauahuhuhaauhauahuahuahauaahuhauhuhuahuahaua
Estagiária: ¬¬ Com quem falo?
Cliente: Joilson.
Estagiária: Joilson? ahuahauahauahauahuahauahuahauahauahuahauahuaha
AHUAHAUAHAUHAUAHAUAHAUHAUAHAUHAAUAHAUAHUAHUAUAHUUA 
E você ainda ri do meu nome?

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

sábado, 18 de dezembro de 2010

Ronald, sometimes, makes a sad mcgordinha...

Para mim, uma das maravilhas da cidade grande é a oferta de entregas de comida em domicílio. Melhor ainda quando os pedidos pode ser feitos online!
Para quem me conhece, um pouquinho que seja, sabe da minha felicidade em poder consumir os produtos de uma certa de rede de lanchonetes a qualquer hora do dia.(Vide meu perfil.)
E tudo ia bem no nosso relacionamento. O site deles específico para pedidos de vez em quando dava pau, saia do ar, mas eu sempre perdoava e ficávamos bem. Entretanto, ele acabou me magoando. De verdade.
Episódio 1:
Há cerca de um mês fiz meu pedido. O site estava lá, trabalhando, e, finalmente, recebo a sms do meu banco avisando o débito na minha conta. Ok. No máximo em quarenta minutinhos ia estar me atracando deliciando com meus lanchinhos felizes. Cinquenta minutos... Uma hora... Nada!
Chequei no site o status do meu pedido e... surpresa! Nada do pedido. Ops! Falha do sistema, pensei eu. Tentei ligar para o número disponível no site, mas, (rá!), não aceita ligações de celular. Comi qualquer outra coisa aqui em casa e mandei um e-mail para o sac da lanchonete explicando a situação e pedindo o reembolso dos meus trinta e pouquinhos reais (não era uma grande valor, mas a questão era de honra, eu trabalhei por ele e... oras, o dinheiro é meu!). Bom, isso era uma segunda-feira. 
Terça: nenhum sinal de fumaça. Pensando na possibilidade de o e-mail também não ter sido recebido pelo fato do sistema estar capenga na segunda, reenviei. 
Quarta, nada. 
Quinta, nã-nã. Logo, entrei em contato com meu banco (que aceita ligações de celular!). O atendente, muito simpático, escutou a ladainha, deu o número do protocolo e pediu para retornar até a ligação até a próxima quarta-feira. Ok, no aguardo! 
Sexta, nananinanão.
Sábado: recebi um e-mail do meu banco, avisando que o estorno já havia sido confirmado e realizado e que eu poderia conferir no meu extrato. Gente, SÁ-BA-DO!
Nenhuma resposta até agora, domingo não seria diferente.
Segunda-feira: recebo dois e-mais idênticos do sac:
"Muito obrigado por entrar em contato conosco. Clientes como a senhora são responsáveis pelo sucesso do blábláblá..."
Além disso, pediram o número do telefone e o e-mail cadastrado no site de entregas. Helowww!
Mas, tudo bem, respondi o e-mail e... estou até agora esperando uma resposta/solução.
Episódio 2:
Mais de um mês não utilizando o site de entrega depois e fazendo todas as compras no balcão, por motivos de preguiça e chuva, resolvi nos dar uma nova chance e fazer um pedido via internet.
Dessa vez o site foi super rápido (yey!). O pedido estava lá, aparecendo bonitinho e eu esperando os quarenta minutos prometidos... cinquenta... uma hora...
Uma hora e vinte! E seis reais da taxa de entrega depois, chegou meu lanche. Tudo bem que se o entregador tivesse encontrado TODOS os sinais fechados desde que saiu da lanchonete até a minha casa teria demorado QUINZE minutos, mas, vamos lá, vamos dar um desconto devido a chuva e a probabilidade de existência de outros lanches.
Aí vieram os dois sanduíches de borracha galinha. Borracha, sim! A galinha deve ter fugido e botaram uma borracha similar no lugar. Horrível! E não pára por aí... infelizmente.
Eu estava com uma mega-vontade de comer batata-frita. And guess what? A batata gigante, que eu pedi, nem mandou lembrança. Ela não veio! Quer dizer, fatalmente, meu filho nasceria com cara de batata se eu estivesse grávida.
Só por desencargo, lá fui eu registrar minha insatisfação no sac. Adivinha a resposta? (Dessa vez no dia seguinte, registre-se.)
"Muito obrigado por entrar em contato conosco. Clientes como a senhora são responsáveis pelo sucesso do blábláblá..."
O lado positivo disso é que nesse meio tempo descobri o site do Pizza Hut (através do Peixe Urbano) que foi uma delícia! Além do RestauranteWEB que é o máximo: vários restaurantes no mesmo site (China in Box, por exemplo), acumula pontos para troca em brindes e manda uma pesquisa de satisfação a cada entrega!

Por hoje é só pessoal!
Vou-me que ainda tenho uma caminhadinha até o Mc!

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

No te rindas


No te rindas,
aún estás a tiempo de
alcanzar y comenzar de nuevo,
aceptar tus sombras, enterrar tus miedos,
liberar el lastre, retomar el vuelo.

No te rindas
que la vida es eso,
continuar el viaje,
perseguir tus sueños,
destrabar el tiempo,
correr los escombros
y destapar el cielo.

No te rindas,
por favor no cedas,
Aunque el frío queme,
aunque el miedo muerda,
aunque el sol se esconda,
y se calle el viento,
aún hay fuego en tu alma
aún hay vida en tus sueños.

Porque la vida es tuya
y tuyo también el deseo
porque lo has querido
y porque te quiero.

Porque existe el vino
y el amor, es cierto.

Porque no hay heridas
que no cure el tiempo.

Abrir las puertas,
quitar los cerrojos,
abandonar las murallas
que te protegieron.

vivir la vida y aceptar el reto,
recuperar la risa,
ensayar el canto,
bajar la guardia y
extender las manos,
desplegar las alas e
intentar de nuevo,
celebrar la vida y
retomar los cielos.

No te rindas,
por favor no cedas,
aunque el frío queme,
aunque el miedo muerda,
aunque el sol se ponga y
se calle el viento,
aún hay fuego en tu alma,
aún hay vida en tus sueños
Porque cada día es un comienzo nuevo.

Porque ésta es la hora y
el mejor momento.

Porque no estás sola.

Porque yo te quiero.


(Mario Benedetti)

Conheço Mario Benedetti a pouco, graças ao amigo William, mas pouco já é o suficiente... 

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Um outro dia de menininha...

Tenho escrito pouco, é verdade. Ando um pouco desanimada, deve ser a ansiedade pré-férias! (Janeiro, aqui vou eu! uhull!)

Ontem a noite, o namorado anunciou o veredito: amanhã tem gravação, chego tarde, depois das oito.
Ok, Sr. Namorado.
Já que chegaria do trabalho e teria muito pouco a fazer, resolvi fazer uma noite de menininha. Chamo de "programas de menininha" essas coisinhas que adoramos fazer e conversar entre nós, mulheres. Os programas de salão de beleza! =P
Então, cheguei em casa, tomei aquele banho, com direito a super esfoliação, creminhos especiais pré-durante-pós banho no cabelo.
Rosto hidratado, chegou a hora do corpo.
Depois da grata surpresa de ontem, 

[Acabou meu creme para mãos da castanha da Natura (que eu adoro =~) e acabei comprando um no Boticário, da linha Nativa Spa Restaurar. A primeira impressão recomendo, parece-me mais leve que o da Natura (se é possível), e também não deixa aquela sensação de mão engordurada, além disso, a fragrância não "briga" com perfume nosso de cada dia!]

resolvi inovar: catei uma amostrinha que ganhei das meninas do banco e mãos a obra! Enquanto usava, lia o rótulo, tratava-se da linha Planet Girls Gourmet, Strawberry Cake! Gente!! Que surpresa boa! Como era só uma embalagem de 5ml, não dá para dizer que faz mil e uma maravilhas, né? Mas, posso dizer que a pele está sim com um toque gostoso e cheia de brilhinhos!!! Se tivesse lido antes de começar a usar tinha deixado para uma noite de balada (=P)! Entretanto, preciso dizer o cheiro poderoso que esse hidratante tem! Cheiro de infância! De algum doce que eu ainda não consegui identificar! Ainda bem que as "precauções" da embalagem alertam: NÃO INGERIR, por que, francamente, deu MUITA vontade!
Agora, vou-me que ainda quero dar um trato nas mãozinhas!