sábado, 30 de outubro de 2010

Só porque eu queria ser uma...

Ai, gente! Que saudade da adolescência! De ficar em casa à tarde decorando e traduzindo letras, aprendendo qual a parte de cada uma e as coreografias, isso sem falar de assistir o filme um zilhão de vezes e escutar os dois cds até as súplicas do meu irmão serem atendidas...

Porque sim, eu queria ser uma Spice Girl!!




*Dois cds porque depois do final da formação original, acabou o encanto para mim... Fiquei à espera da volta da Ginger...

Cquote1.svgEsta mensagem é para os fãs. Tristemente, eu gostaria de confirmar que eu saí das Spice Girls. Isto por causa de diferenças entre nós. Eu estou certa de que o grupo continuará tendo sucesso e eu desejo a elas o melhor. Eu não tenho nenhum plano imediato. Eu desejo pedir desculpas a todos os fãs e agradecer a todos que estiveram entre nós. Com muito amor, Geri. PS: Eu voltarei.Cquote2.svg
Geri Halliwell, anunciando sua saída do grupo




segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Decifrando Sonhos...

Prepara que aí vem besteira, e da grossa!

Ando tendo uns sonhos esquisitos de verdade. Esses dias sonhei que encontrava minha avó no mercado, abracei-a e quando abri os olhos, estava agarrada num pacote de farinha de 5 kg (no sonho, só para deixar beeem claro). o.O

Hoje, foi mais tosco ainda... Resolvi analisar aqui:

Em primeiro lugar, um amigo meu tomou O golpe da barriga da namorada (inexistente). Motivo: minha mais nova vontade: a de adotar uma menininha japa [hauahaua], que vai durar até amanhã no máximo. PS: se o bebê realmente existisse, provavelmente seria um ruivinho de olhos mega azuis.

Depois, do nada, eu apareço em queda livre, em busca de uma gota de chocolate inexistente. Motivo: o brigadeiro que ameaçou ser feito ontem e não rolou. PS: tá rolando agora! =)

Ao invés de acordar daquele pulinho tenebroso, aterrizo suavemente e saio caminhando... Motivo: O filme que assisti ontem: "Deu a louca na Cinderela". Tem uma cena em que o Lavador de Pratos e o Príncipe pulam de um mini-penhasco de boa.

Então, dou cinco passos e me deparo com um paredão infinito. Encostado nele, um bidê colonial. Motivo: Mobilia direito seu apartamento!

Daí, do nada, aparece aquele amigo do começo, abre a gaveta do criado-mudo, retira o que ele chama de "Riders da Coragem/Orgulho" (não lembro) e me entrega. (Rider ainda existe?) Motivo: mais de 6 meses sem comprar calçado! Puramooor, corre pra Arezzo!

Quando vou calçá-los, sou trazida de volta a realidade por um abraço delícia! Ai, ai... Pena que já é hora de ir trabalhar... =/

domingo, 24 de outubro de 2010

...

Estou mais calada essa semana. Resultado de notícias do Sul: a perda de duas figuras queridas da minha infância. Não quero fazer tele-drama aqui, isso deixa para quando eu for Paola Bracho. Estou pensando... na fragilidade da vida. É finita.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Post furtado!

Do tumblr de Infinito Amor. Mas, o texto é tão lindo e a foto idem, que não podia deixar de repassar a vocês!



“Eu quero que todos os dias você me convença que contos de fadas não existem, só pra eu ter certeza que você é de verdade. Quero que esse sentimento meio novo, meio tonto e meio infantil dure por muito tempo, mesmo que repetido, sóbrio e adulto. Porque os dias e os meses sempre passam, mas eu quero continuar acreditando que dividir o sofá, o último pedaço do bolo e o travesseiro sejam a eternidade num piscar de olhos.”

(Marina Melz)

domingo, 17 de outubro de 2010

Azul Geladeira

Semana passada ou retrasada, entrei numa lojinha e estava lá com vários vidrinhos na mão, quando ouvi a mirabolante idéia "Que tal deixar para o mercado? Afinal, o vale não é dinheiro!" Frase mais que perfeita, aceita prontamente.

No mercado: Há! Há! Há! Piada pronta! Mercado sem esmalte. o.O

Daí, essa semana, atendi uma trava com um esmalte azul berrante nas unhas. Aliás, não era só o esmalte que era azul: a roupa e o celular metálico idem. Enfim, chamou minha atenção.

Ontem fomos na farmácia e dessa vez não haveria escapatória. Lá estava o vidrinho azul, mas resolvi ignorar. Estava olhando uns penélopes, disfarçando, olhando de canto pra ele, e, nada. Então, veio a sentença do namorado: "Eu gosto desses com cores vintages". Ah, pronto! Sem dúvida: Cigarrete (azul) e Twiggy (coral) direto pro fundo da cesta.

A noite li esse post lindo e super colorido no Clube das Esmaltadas: http://clubedasesmaltadas.com.br/2010/10/lancamento-dote-style-lindos-de-viver/ (by the way to em busca de um roxo a la Sexy). Mais uma vez o comentário do namorado: "Olha, azul igual o teu!" Aquela velha história de que para homens azul é sempre azul e rosa é sempre rosa.

Hoje, finalmente, estreei meu azul geladeira (vulgo azul calcinha =X), e, surpresa! É fosco! Acabei estreando também essa novidade! Ela dá um pouco daquela antiga sensação do colégio, a de passar corretivo nas unhas!!

Mas, tá aí: as unhas continuam mal-feitas, porém, a cor é nova: =D




Essa história de esmalte ainda vai longe...

sábado, 16 de outubro de 2010

Pérolas da RBS...

Estava aqui assistindo o jornal das 19h, e lembrando de umas reportagens divertidas que já assisti na RBS (a correspondente da Globo em SC e RS). Tentei achar no site deles e no youtube, mas, nada. Também a matéria já deve ter uns bons dez anos. Eis o que me lembro:

"Um homem, por volta dos 30 anos, se joga de um prédio em construção. Acho que ocorreu em Floripa e, se não me engano, do sexto andar. Pois bem, havia uns pinheiros na calçada da dita obra.

Ao contrário do esperado, o homem caiu(obviamente) e foi lanhando nos pinheiros. Em seguida, desabou nos fios dos postes da calçada e foi arremessado para cima. Acabando por, finalmente, tombar no chão, apenas com uma fratura no braço.

Após mostrar o local onde ocorreu e descrever o fato, a repórter entrevistou o sujeito:

Repórter: Qual a intenção do senhor em pular da construção?
Homem: Ah,... eu tava tentando me matar, né?
Repórter: E o que fez o senhor cometer tamanha atrocidade?
Homem: É que minha família vive falando que eu não faço nada direito..."

o.O

Obrigada, RBS!

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Vivo sem um note?

Ai, a internet... Esse pequeno prazer viciante... Estou em casa, sozinha (namorado no SWU e eu trabalhando =X), e grudada no pc... Minha lista de desculpas pra dar uma visitadinha básica diária na net:

* email: né? e quem não tem?
* msn: para matar a saudade da família, dos amigos... a people do Sul!
* orkut: primeiro site de relacionamentos e blábláblá mas que ultimamente andas as traças... só para visualizar o niver das amigues!
* facebook: na minha opinião, muito melhor que orkut... Adoro!
* twitter: extremamente viciada. @kmioliveira
* blog: o lugar onde exponho as minhas besteirinhas!
* myspace: com essa história de namorado músico, neam? Mas não me adaptei muito não... Anyway /kmioliveiraa
* flickr: o novo flog, huahuha! Tive que fazer conta no Yahoo =/ . Ainda estou me adaptando a ele, mas adoro ver as fotos do pessoal, quem sabe eu chego lá: /kmioliveira
* tumblr: também sou novata, mas estou me divertindo muito com essa mistura de blog, flog, twitter... Brócolis Voador!

E vocês? Conseguem ficar quanto tempo sem acessar a rede?

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Words can't say...

SET LIST 06/10/10

BLOOD ON BLOOD
WE WEREN’T BORN TO FOLLOW
BAD NAME
BORN TO BE MY BABY
LOST HIGHWAY
SUPERMAN TONIGHT
IN THESE ARMS
CAPTAIN CRASH
WHEN WE WERE BEAUTIFUL
RUNAWAY
WE GOT IT GOING ON
IT’S MY LIFE
BAD MEDICINE W/ PRETTY WOMAN (ROY ORBISON COVER) & W/ SHOUT (BEATLES COVER)
LAY YOUR HANDS ON ME
ALWAYS
BLAZE OF GLORY
I’LL BE THERE FOR YOU
HAVE NICE DAY
SLEEP WHEN I'M DEAD
WORK FOR THE WORKING MAN
WHO SAYS YOU CAN'T GO HOME
KEEP THE FAITH
THESE DAYS
WANTED
SATURDAY NIGHT
PRAYER
BED OF ROSES


...it's put a little smile on my face! =D

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

O Journal de Bárbara...

Depois de ter escutado incontáveis vezes, resolvi falar sobre. Até por que pude acompanhar (de longe) parte do processo de criação. (leia-se: ensaios)

Mas, afinal, o quê EU poderia falar sobre o trabalho de Bárbara Eugênia?

Vejamos... Posso dizer:

...que ela, com aquele rostinho de boneca, está lançando "Journal de BAD"...

...que esse disco trata de amor, daquelas facetas "lugar-comum" com a qual nos identificamos: os rompimentos, o vai-e-vem, as decepções...

...que gosto do "ressurgimento" do rock psicodélico...

...que acho o disco bom do começo ao fim. Especialmente, quando ela divide os vocais com Tom Zé em "Dor e Dor". Sem falar em "Haru", "Ficar assim" e "Drop the Bombs"...

... que além de Tom Zé, tem participações de Karina Buhr, Otto, Tatá Aeroplano...

... que eu conheço (ao menos de dar 'oi' =P) o Dustan, que produziu o disco...

...e, que, por isso me alegram as críticas falando bem não só da voz e letras, mas dos arranjos (será essa a palavra?), da melodia, da canção!

Sim, poderia falar tudo isso e muito mais. Mas, na verdade, o que eu realmente queria dizer é que eu adoro quando vou ao estúdio e ela quem está ensaiando! =P

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Mim na Expomusic!

Sábado passado: eu no evento que é considerado a maior feira de música da América Latina. Eu, que descobri há poucos meses que as seis cordas do violão são diferentes. o.O

O que eu posso falar sobre a feira?

Obviamente, nada demais... Claro que eu conheço algumas marcas que estavam lá, (Fender, Di Giorgio, Hofma, Gretchen, Gibson, Ibanez, Epiphone, e blá blá blá) mas, a qualidade não foi meu foco.

Também podia assistir mini-shows do Shaman, Hangar, ... bem como ver filas enormes para assistir/pegar autógrafo/tirar fotos com ilustres desconhecidos meus. Sem falar da visão inenarrável que é Serguei ao vivo!

Entretanto, o que realmente me divertiu foram as cores, as formas, os sons (afinados ou não), as palhetas, o que era novo para mim.

Baterias gliteradas! Baixos listrados! Guitarras neon! Instrumentos inusitados! Mesas de som gigantes! Palhetas e porta-palhetas dos Beatles!

Dizem que o ano emo foi o passado (graças!). Neste o bom e velho rock voltara... Ainda gosto muito de ver as meninas trajadas nesse estilo. (Dá uma vontade também...) Como também gosto de ver que os cabelos vermelhos ainda são a marca registrada... (Ai, ai, que vontade que dá!)

Claro que não podia voltar para casa de mãos vazias... =P Mas... faz parte!